PIX-BRAND_edited.png
1 ano do Pix: o que mudou e o que vem por ai?
 

Em apenas um ano de existência, o Pix gerou resultados inimagináveis. Desde o lançamento, a forma com que a população brasileira realiza transferências e depósitos mudou radicalmente. O Pix tornou-se uma importante ferramenta para impulsionar a bancarização no país, com a inclusão de novos clientes para o sistema financeiro.

Mês a mês o número de transações realizadas só aumenta trazendo ainda mais solidez para o sistema e garantindo a transformação do mercado: além da facilidade de inclusão social para os desbancarizados no país, gera oportunidades de negócios para diferentes nichos. Segundo o TecnoBlog, cerca 6,2 bilhões de operações foram efetuadas via Pix durante este 1 ano de existência. 

Os números ficam ainda mais surpreendentes quando comparados com outros meios de pagamento como TED, DOC e boletos. Segundo informações do Economia Uol “apenas em setembro deste ano foram feitas 1,04 bilhão de operações com o Pix. No mesmo mês, foram 349,2 milhão de transações com boletos bancários e apenas 94,3 milhão de operações com TED. Os demais meios de transferência — que abarcam DOC, cheques e TEC — somaram apenas 24,7 milhões de operações.”

2504957_edited.png